Iot Tecnologia

Como a automação residencial gera economias de energia elétrica?

Escrito por Alfatel

Com o aumento do uso da tecnologia, a demanda por energia elétrica alcança níveis cada vez maiores. Arcar com os custos desse processo, muitas vezes, pesa no orçamento, mas o mercado oferece alternativas que podem facilitar a economia de recursos. A automação residencial é uma inovação tecnológica que promove a redução das despesas com energia.

Neste post, você vai descobrir como tecnologias inovadoras podem promover a redução de custos no residencial. Ficou interessado? Acompanhe o conteúdo e fique expert no assunto!

De que forma a automação residencial melhora o aproveitamento do uso da energia?

A automação residencial é um conjunto de tecnologias para facilitar e tornar automáticas tarefas habituais em um edifício. Esse sistema objetiva promover comodidade, segurança, autonomia, otimização, praticidade e economia de recursos.

Mas de que maneira a automação pode ajudar a poupar energia? Existem equipamentos que são especializados em promover o melhor aproveitamento das funções de um sistema.

O termostato, por exemplo, é um aparato adicionado a câmaras frigoríficas, que controla o meio para que a refrigeração só funcione caso haja uma elevação da temperatura no ambiente interno. Esse regulador evita que o refrigerador fique ligado desnecessariamente, pois apenas se houver uma desregulação é que o equipamento de resfriamento será acionado.

As estufas, fornos e sistemas de ar condicionado são exemplos de máquinas que podem ser otimizadas com esse dispositivo.

Outra forma de automação residencial que vem gerando resultados bastante positivos é a incorporação do aquecimento solar nas diversas tecnologias da casa. Por meio de painéis fotovoltaicos, é possível promover a economia de energia elétrica, pois a luz do sol vira a principal matriz que alimenta o aparelho.

No caso de chuveiros, a luz solar é uma excelente alternativa. Já nos dias nublados e chuvosos, é possível acionar o uso de energia elétrica de outras fontes pelo sistema, por meio de um termostato digital.

A automação residencial pode ser usada, também, com inversores de frequência em motores. Esses equipamentos permitem ao motor operar com velocidade variável, de acordo com a necessidade, o que é mais econômico do que deixar o motor na sua potência máxima.

Quais as vantagens da automação residencial?

A automação residencial traz diversos benefícios para o edifício. Veja mais a seguir!

Redução do desperdício

A redução do desperdício é uma consequência direta do melhor aproveitamento dos recursos utilizados. Lembra-se das máquinas que consumiam volumes exorbitantes de energia para funcionarem? Das lâmpadas que perdiam uma grande parte da energia se aquecendo?

Com a automação residencial, esses problemas ficaram no passado. Hoje, já temos soluções que permitem aproveitar melhor a energia elétrica utilizada pelo aparelho.

Esse fator diminui o valor da conta, promove a sustentabilidade dos sistemas e leva o desperdício a índices mínimos. Mais sustentabilidade e otimização dos gastos para o condomínio.

Consciência sustentável

A sustentabilidade é uma ideia que exige uma nova lógica para planejar e desenvolver sistemas. Mantê-la só como um ideal não é uma boa saída: apesar do grande desafio, é preciso transpor as alternativas sustentáveis para a prática. Só assim para colher bons resultados.

Praticar a sustentabilidade traz um resultado muito benéfico, que é a conscientização dos envolvidos. As pessoas ficam mais informadas, com um pensamento sistêmico e propondo alternativas que realmente contribuem para efeitos mais positivos.

Ações sustentáveis politizam os sujeitos e estimulam a formação de uma rede de produção e consumo circular. A automação residencial se comunica diretamente com esse propósito, estando atrelada aos benefícios de uma gestão sustentável do ambiente do condomínio.

Aumento do tempo de vida do equipamento

Com a automação residencial, é possível moderar o desgaste dos equipamentos. O trabalho da máquina passa a ser regulado de uma forma sustentável, reduzindo os períodos em que ela chega ao seu limite de atividade. Isso minimiza os choques de variação do padrão de funcionamento, embutindo a tecnologia em um esquema regular e moderado.

Os altos níveis de ação só vão aparecer caso o usuário demande. Isso ajuda o maquinário a ter mais estabilidade e explora o potencial da parafernália sem ir ao extremo. Assim, a vida útil do aparelho aumenta. Isso, além de ser mais econômico, contribui para a manutenção de um padrão de sustentabilidade que beneficia o meio ambiente.

Também permite a construção de uma imagem positiva para o condomínio, além de ser um bom investimento a longo prazo. As máquinas vão ter mais durabilidade, estando menos sujeitas a terem defeitos.

Isso acontece porque os aparatos de automação residencial amortecem impactos sobre o equipamento e moderam o fluxo elétrico neles. Dessa maneira, o aparelho fica menos exposto a irregularidades e oscilações bruscas, reduzindo o desgaste e a exposição a riscos.

Comodidade

As tarefas de casa são sempre muitas, não é mesmo? Há muitas coisas para arrumar e outros tantos detalhes para não esquecer. Muitas vezes, não damos conta e aí temos problemas. Seja sair deixando a janela aberta, seja se esquecer de trancar o portão da garagem, deixar os computadores ligados a noite toda por ter caído no sono no sofá.

Com problemas como esses, a segurança do edifício fica ameaçada, você gasta mais energia do que o necessário e tem custos adicionais que poderiam ter sido evitados.

Com a automação residencial, incidentes como esses ficam impossíveis de acontecer.  Sistemas inteligentes garantem que a casa seja segura, econômica e protegida. Além disso, você tem muito mais comodidade nas práticas diárias, pois pode delegar vários procedimentos padronizados para as tecnologias. Assim, você tem mais conforto e praticidade no dia a dia.

A automação residencial oferece diversos benefícios para os usuários dessas tecnologias. Com ela, há mais praticidade, economia e aproveitamento sustentável do potencial dos equipamentos. Ela oferece um conjunto de ferramentas para otimizar o trabalho das máquinas e potencializar os efeitos dos aparelhos.

Com tecnologias como essas, é possível ter mais sustentabilidade, eficiência e praticidade no cotidiano. A automação residencial proporciona, também, a economia de energia elétrica à medida que ela regula o consumo pelos aparelhos. Com isso, o condomínio vai reduzir os gastos.

E então? Gostou de conhecer todos esses benefícios da automação residencial? Deixe o seu CURTIR e COMPARTILHE esse conteúdo com as pessoas mais importantes para você! 

 

Sobre o autor

Alfatel

Deixar comentário.

Share This